h1

… sem serifa …

novembro 9, 2006

No mundo do Sofwtare Livre, sempre se pode dar uma mãozinha. Eu estava tentando traduzir do Inglês para o Português descrições de pacotes quando me deparei com “thesauri”. E eu até que pensava saber Inglês técnico. Thesauri é singular de thesaurus, tem origem do latim e significa coleção de palavras relacionadas umas com as outras, ou seja, um dicionário de sinônimos! Por essa daí tudo bem, mas depois vieram outras dúvidas … “Sans Serif” pode ser “sem serifa” ??? Já pensou em selecionar para seu texto uma fonte Bitstream Vera Serifa (Serif)? ou então a LivreSem (FreeSans)? De fato a palavra serifa existe na lingua portuguesa, assim como também a palavra hifenação (hyphenation). Serifa significa pequenos traços e prolongamentos que dão um estilo a mais nas fontes (T (com serifa) T(sem serifa)) . Mas agora pergunto: Você fazia hifenação no primário escolar? a resposta certamente será positiva. Trata-se do ato de colocar hífens, sabe o guarda-chuva? não seria o mesmo se fosse guarda chuva.
Essa sopa de letrinhas acabou me levando a outra reflexão. Até onde vai a nossa aceitação de que palavras estrangeiras se fixem em nossos vocabulários até que sejam registradas como de nossa lingua? Um fato engraçado é que o Português possui mais palavras do que o Inglês, por que então chamar o rapaz de boy (ou bói, ja “aportuguezada”)?
Não se parou para notar que a gente formou um preconceito lingüístico em relação à nossa própria lingua. Os países mais ricos têm um grande domínio, sobretudo da mídia, e acabam por nos fazer pensar que isso seria relacionado apenas a um domínio político-econômico, quando na realidade vai mais além. A mentalidade de que Portugal é o país onde se fala Português corretamente não é coerente. O Brasil há muito tempo deixou de ser colônia, há uma diversificação de povos, uma grande extensão territorial, uma distância imensa de Portugal e uma riqueza cultural própria que nos faz ter nosso próprio vocabulário, mesmo quando o Brasil ainda estava sendo colonizado.
A idéia de poder que outros países, principalmente de lingua inglesa nos passam, aliada a uma mídia “forçadora” de opinião faz com que a gente acabe por aceitar e utilizar muitos termos estrangeiros. Eu julgo por mim. Acredito que “os bons julgadores por si julgam os outros”. Achei muito estranho traduzir sans serif para sem serifa, mas se essas palavras existem em nosso dicionário, porque não utilizá-las? Tem de fato, coisa que não dá para traduzir, como hardware, software, site e mouse, mas tem outras que dá sim.
Precisa-se de fato alterar nossa consciencia de achar outras culturas legais, descoladas e começar a olhar para a nossa. Quanto ao processo de tradução de descrição de pacotes do Debian*, está aberto a quem quiser participar, com uma lista de e-mail(outra palavra que “pegou”)** para quem quiser discutir e tirar dúvidas em relação às traduções. Traduz-se não apenas pelo amor à lingua, mas por “n” outros motivos, como desejar que outras pessoas que não sabem uma lingua estrangeira tenham maior facilidade de adaptação ao software, que não se sintam desmotivados em utilizá-lo: trata-se de inclusão. Inclusão de pai, mãe, parentes em geral e de pessoas que estão sendo alfabetizadas digitalmente. Não apenas crianças, mas principalmente adultos que não tiveram tantas oportunidades quanto eu ou você. Os tempos eram outros e hoje ainda não é nada homogêneo.

Bjo de asterisco
:-*

*http://www.debian.org/international/l10n/ddtp
**http://lists.debian.org/i18n.html

peixe beta

Anúncios

5 comentários

  1. Viva! Tem vida inteligente no mundo do soft livre.


  2. eeei,
    só acrescentando mais uma referência, existe o time de tradução para o Português no debian.
    []’s


  3. Quem escreveu? Muito bem redigido. Além de uma bela exposição das idéias, claro.


  4. Peixe Beta, tu se agarante, visse?! Gostei mt do texto, as idéias ficaram mt bem expostas e de uma forma divertida! =)

    Continuem assim.


  5. Clap. Clap. Clap.

    Muito bom!

    Finalmente tomei vergonha na cara e estou lendo os textos antigos de vocês. A qualidade está lá em cima. Parabéns!



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: